sábado, 10 de julho de 2010

Por que Dragon Quest faz tanto sucesso no Japão? Iwata responde!

Em um bate-bola chamado "Iwata Asks", disponível no site americano oficial de Dragon Quest IX, o atual diretor da Nintendo, Satoru Iwata discute com Yuji Horii (criador da franquia DQ) e Ryutaro Ichimura (produtor da Square-Enix) o motivo pela qual Dragon Quest faz tanto sucesso no Japão.

"Eu acho que as pessoas gostam de utiliza-lo como ferramenta de comunicação" disse Horii em resposta a pergunta.

"Concordo." afirmou Ichimura. "Na minha opinião as pessoas gostam de falar sobre isso. Do mesmo modo que um programa de TV. Um bom assunto que todos tem em comum."


Ichimura ainda lembrou dos tempos de escola, em que assuntos como "Quantos levels você conseguiu?" ou "Em que parte você está?" eram abordados diariamente entre ele e os amigos e como ele ficavam alegres quando algum Dragon Quest novo era anunciado.

"Afinal, somos seres-humanos e amamos outros seres-humanos." disse Horri. "Eles querem usar video-games para se interagir com os outros, e Dragon Quest nos oferece muitos materiais para facilitar isso, então acho que é por isso que é popular. Não importa se for o Tag Mode ou o modo multiplayer ou qualquer que seja o assunto."

"Dessa vez, criamos isso de modo mais direto usando um modo de comunicação." explicou Ichimura. "Não é só assunto de conversas agora. É uma conexão direta."

E para aqueles que não se lembram ou não sabem, o Tag Mode de DQIX é a ação de deixar o jogo em modo Sleep e sair caminhar com o DS no bolso e se ele encontrar ou DS com o Tag Mode ativado, ambos irão trocar informações, como por exemplo levels, equipamentos, etc.

E realmente, a sensação de poder conversar com os amigos sobre RPGs ou qualquer que seja o gênero do jogo é realmente esplêndida, mas eu nunca havia parado para pensar neste lado. Então, você concorda com o que foi afirmado por Horii e Ichimura? Comente!


4 Comentários:

Musashi disse...

Acho que a grande chave da série fixa numa história simples mas que nos passa a idéia de ser bastante crível. Além de sempre manter grandes pontos de tradição presente em cada jogo, como efeitos sonoros, músicas e outros pequenos detalhes.

Hazuki disse...

E ai deles mexerem demais nesta tradição, deve ter gente capaz de invadir a Square-Enix japonesa! XD

Pra mim faz sucesso pois me agrada e me diverte, desde o III no GBC eu não tenho me decepcionado.

Pilyw disse...

Só não deixar a equipe de FFXIII chegar perto da série xP

Eu pessoalmente só fui conhecer a franquia no 8º jogo (excelente por sinal), mas só me aprofundei mesmo nos remakes do IV e V, mas é realmente a simplicidade da série que consegue ser cativante.

CitanMK disse...

Também acho que é essa simplicidade que faz a série ter um charme tão grande.

Muitos levam esse termo "simplicidade" como se fosse algo negativo, mas no caso de Dragon Quest é o seu maior ponto a favor. Uma das coisas que mais gosto é de que como as histórias são focadas nos variados personagens que encontramos na jornada, nos seus eventos e interações com o jogador e o mundo do jogo, onde ao invés de termos uma história exageradamente grandiosa, temos uma que cuida de simples momentos mas com grandes detalhes, e isso é muito legal.

É interessante que mesmo mantendo toda a tradição, Dragon Quest consegue surpreender a cada jogo novo, há sempre aquele feeling prazeroso de estar jogando um Dragon Quest, e que nem precisa ser fã de longa data pra sentir, eu mesmo fui conhecer a série a partir do remake do IV episódio para o DS, e também tenho essa ótima sensação a cada Dragon Quest.