terça-feira, 23 de março de 2010

Remake de Final Fantasy VII terá possibilidade explorada

A incrível popularidade de Final Fantasy VII é inalterada independente da época, disso estamos cansados de saber. Também não é de hoje que os fãs clamam por um remake do título original do Playstation (1997), um sucesso tão grande que acabou gerando alguns spin-offs de ligações diretas de enredo como nenhum outro na cronologia tradicional. 

Porém, não há vestígio concreto algum de tal possibilidade, mas recentemente 3 pessoas importantes da Square Enix revelaram suas opiniões acerca disso. Motomu Toriyama, diretor de FF XIII, disse que seria o remake que ele mais gostaria de fazer, além de também ressaltar: "Se conseguíssemos o número de pessoas que precisamos de todos os meios este seria o que eu realmente gostaria de recriar"; Já segundo o produtor de FF XIII e diretor do próprio VII, Yoshinori Kitase, o tempo de produção poderia ser um fator muito forte contra esta chance – se estivéssemos falando de uma versão com nível em detalhes iguais ou superiores aos do 13º episódio –, ainda que ele diga "Mas se uma situação como esta acontecesse pela mais remota chance, então sim, nós o faríamos!".

Ambos os comentários são muito relevantes, mas quando o próprio presidente da Square Enix, Yoichi Wada, se coloca diante da questão com um "Iremos explorar a possibilidade se vamos ou não fazê-lo e a plataforma" a esperança alcança um novo patamar. Ele também comentou que não possuem uma direção clara, mas sabe que muitos fãs pedem por esta recriação.

O argumento presidencial faz parte de uma amostra para o futuro lançamento (ainda nesta semana) da entrevista completa feita pelo pessoal do site Siliconera durante a festa de lançamento de FF XIII, onde há também a implicação de que Wada esteja pensando em uma versão do remake para o PSP, garantindo um tempo de desenvolvimento e custos extremamente menores, mas com sucesso garantido (pode apostar). 

Para aqueles que não deixam é de sonhar com versões High Definition do título eu relembro 2 vídeos que sempre incendeiam corações:

Demonstração técnica da abertura via poderio do PS3

Edição criada sobre as cenas de Advent Children

Preferiria um remake de IX, mas tenho certeza de que meu comentário torna-se pífio diante de "FF VII será multiplataforma, com lançamentos para Playstation 3, Xbox 360... e Nintendo Wii!" – sucessivamente ouvimos a explosão atômica de diversos Sonystas. Brincadeiras à parte (sobre o IX é verdade!), a volta do 7º episódio me animaria muito a terminá-lo de uma vez, já que meu save fez um grande favor de corromper-se ao lado da luta final.

3 Comentários:

oberdanorris disse...

Agora vocês ganharam mais ainda meu respeito, ou ao menos o Hazuki, Por também querer um remake de FF IX, que pra mim de longe é o melhor FF de Playstation e quiçá o terceiro melhor, perdendo apenas para FF V e FF VI.
Mas esse título parece não ter o respeito merecido :(
Até hoje me encanto rejogando-o e vê os pensamentos do Zidane de o que fazer, para onde voltar, como agir com a princesa. Nostalgia <3

PS: Esse foi um comentário de um fanboy de FF IX daslçdkada

Hazuki disse...

IX é sem dúvida o meu favorito no PS1, gosto muito do universo, dos castelos, da ambientação ao todo, que é menos futurista e mais rica num padrão de fantasia medieval. Na época pré-lançamento as entrevistas citavam que era a volta da franquia à sua raíz, ou seja, de castelos e princesas, de dragões e calabouços.

Não que eu deixe de lado os outros, jamais! Sou fanboy de FF assumidíssimo e não tenho vergonha nenhuma (assim como sou de DQ também).

Tomara que em algum momento nossos desejos sejam atendidos, e que a Square Enix traga um remake do 9º episódio!

Obrigado por mais um comentário oberdanorris, e recomendo meu texto sobre Hikari no Yon Senshi: Final Fantasy Gaiden, que também tem a premissa de refletir as origens da série!

Link: http://migre.me/rmYw

CitanMK disse...

Eu também sou um grande fã de Final Fantasy IX, apesar de gostar dos 3 títulos da série para o PS1. Mas ele fica próximo ao VI entre os meus favoritos também.

Só de comentar acabo até lembrando das cenas divertidas, normalmente com o Steiner e a Garnet, e de algumas mais sérias, como aquela CG com Vivi no Airship, grandes lembranças.

É uma pena como este foi, na minha opinião, o último grande jogo da série, já que a partir do PS2 não vi mais o grande feeling da série nos jogos.